Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

Beatrice Muriel Hill Tinsley (1941-1981)

30.01.16

Beatrice Muriel Hill Tinsley

 

 

Beatrice

 

 

Beatrice Tinsley mudou a forma como olhamos para o Universo e os seus estudos ajudaram a chegar à teoria do "Big Bang"

 

Beatrice Muriel Hill Tinsley nasceu em Chester, Inglaterra, no dia 27 de janeiro de 1941. A segunda de três irmãs, emigrou para a Nova Zelândia com a sua família após a Segunda Guerra Mundial, onde obtiveram a nacionalidade neozelandesa. A família viveu primeiro em Christchurch, e, em seguida, por muito tempo em New Plymouth. O seu pai era um clérigo.

 

Enquanto estudava em Christchurch, Tinsley casou-se com o físico e colega universitário Brian Tinsley. O casal Tinsley não teve filhos, mas adotou duas crianças. 

 

Beatrice enfrentou sérios problemas profissionais por ter casado com Brian, o seu colega na Universidade de Christchurch. Primeiro, não conseguiu arranjar emprego na instituição porque o seu marido tinha sido funcionário na mesma universidade. Depois, quando eles se mudaram em 1963 para os Estados Unidos da América, para Dallas, Texas, apesar de lhe ter sido oferecida uma bolsa no Centro de Estudos Avançados do Texas, foi excluída do trabalho permanente por ser uma mulher casada.

 

Em 1974, depois de anos de tentativas para arranjar tempo para a vida doméstica e para a carreira, ela resolveu abandonar a vida familiar para se tornar professora assistente na Universidade de Yale. 

 

Esta cientista contribuiu para desbloquear o passado e o futuro do universo

 

Beatrice percebeu que, como as galáxias são compostas por milhares de milhões de estrelas, era possível utilizar aquilo que já se sabia sobre a vida das estrelas para calcular qual seria a evolução das diferentes galáxias. Descobrindo como é que cada galáxia tinha formado as suas estrelas, Beatrice previa como ela evoluiria ao longo do tempo. A partir daqui, Tinsley calculou até modelos para diferentes tipos de galáxias. Um pequeno detalhe: tudo isto foi feito num tempo em que os computadores não conseguiam executar algoritmos.

 

A pesquisa de Tinsley foi também um instrumento importante para alterar o método tradicional com que se determinava a distância até galáxias longínquas. Isto influenciou ainda o cálculo para se chegar ao tamanho real do Universo e a sua taxa de crescimento, explica o Independent. Tudo isto determinou a formação das principais teorias que estão por detrás da origem do Universo, o chamado "Big Bang".

 

 

UNIVERSE Wallpaper__yvt2

 

 

Ela foi pioneira no estudo de como as populações de estrelas envelhecem e afetam a qualidade da observação das galáxias. Ela também colaborou na investigação sobre se o Universo é aberto ou fechado.

 

Universo aberto ou fechado

 

O que define se o Universo é aberto ou fechado é a massa total que existe no Cosmos. Acima de uma determinada densidade, a gravidade obriga o tecido do espaço-tempo a curvar-se, o que resulta num universo fechado. Se a densidade não for suficiente, o Universo é aberto, isto é, plano. As últimas observações indicam que o Universo é plano.

 

Astronomia e Cosmologia

 

Beatrice Tinsley foi astrónoma e cosmóloga. A diferença entre estas duas disciplinas é a seguinte: um astrónomo observa os astros do Universo e os astrofísicos estudam-nos. Um cosmólogo estuda o Universo em si, ou seja, não se preocupa com o que existe nele (exceto as galáxias), preocupa-se apenas com a sua estrutura, início e fim.

 

Ela trabalhou na Universidade de Yale até à sua morte por cancro, em 23 de março de 1981, aos quarenta anos. As suas cinzas estão enterradas no cemitério dessa famosa universidade.

 

In Media.Juss.pt e Observador.pt

NB: Texto editado pela Equipa BE.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.