Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

Karl Landsteiner (1968 - 1943)

14.06.16

Karl Landsteiner (1968 - 1943)

 

karl-landsteiner

 

 

Hoje é o 148.º aniversário de Karl Landsteiner, que nasceu em Baden, na Áustria, no dia 14 de junho de 1868 e faleceu em Nova Iorque, no dia 26 de junho de 1943. Foi um médico e biólogo austríaco naturalizado norte-americano, agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1930, pela descoberta e classificação dos grupos sanguíneos, o sistema A, B, AB, e O em 1901. Foi também o descobridor do factor RH.

 

karl Landsteiner

  

Landsteiner dedicou-se a comprovar que havia diferenças no sangue de diversos indivíduos. Ele colheu amostras de sangue de diversas pessoas, isolou os glóbulos vermelhos e fez diferentes combinações entre plasma e glóbulos vermelhos, tendo como resultado a aglutinação dos glóbulos em alguns casos, formando grânulos, e em outros não. Landsteiner explicou então por que razão algumas pessoas morriam depois de transfusões de sangue e outras não.

 

Em 1930 recebeu o Nobel de Fisiologia ou Medicina por este trabalho.

 

Foram muitos as suas contribuições científicas nos campos da anatomia patológica, histologia e imunologia.

 

Karl Landsteiner é recordado por ter sido um dos proponentes do termo anticorpo, para as substâncias responsáveis pela aglutinação do sangue.

 

Além disso, os seus trabalhos de investigação na área da imunologia, a par dos trabalhos do colega cientista Erwin Popper, conduziram à descoberta da vacina contra a poliomielite ou paralisia infantil, uma doença infecciosa viral aguda epidémica que afetou milhões de crianças em todo o mundo. Foi em 1908 que Karl Landsteiner identificou o seu agente causador, o poliovírus.

 

In Wikipédia

 

Almeida Garrett (1799-1854)

02.06.16

 Almeida Garrett (1799 - 1854)

 

almeida-garret (3)

 

 

João Baptista da Silva Leitão de Almeida Garrett e mais tarde 1.º Visconde de Almeida Garrett (Porto, 4 de fevereiro de1799 — Lisboa, 9 de dezembro de 1854), foi um escritor e dramaturgo romântico, orador, par do reino, ministro e secretário de estado honorário português.

 

Grande impulsionador do teatro em Portugal, uma das maiores figuras do romantismo português, foi ele quem propôs a edificação do Teatro Nacional de D. Maria II e a criação do Conservatório de Arte Dramática.

 

Uma boa biografia: 

 

 

 

 

Para leres as obras literárias de Almeida Garrett em formato digital, consulta a Biblioteca Digital Almeida Garrett da Biblioteca Nacional de Portugal ou clica na imagem:

 

Biblioteca Almeida Garrett

 

 

 

Vitorino Nemésio (1901 - 1978)

02.05.16

Vitorino Nemésio (1901 - 1978)

 

vitorino-nemesio

 

 

Vitorino Nemésio Mendes Pinheiro da Silva nasceu no dia 19 de Dezembro de 1901 na Praia da Vitória, nos Açores.
Este foi um poeta, escritor intelectual de origem açoriana que se destacou como romancista, autor de Mau Tempo no Canal, e professor na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Vitorino Nemésio, em 1916, fundou a revista literária “Estrela d’Alva” e em 1921, foi redator dos jornais “A Pátria”, “A Imprensa de Lisboa” e “Última Hora”, em Lisboa.
 
Conclui o liceu em Coimbra e ingressou na Faculdade de Direito, em 1922, e no ano seguinte começou a colaborar na revista “Bizâncio” de Coimbra. Nesse mesmo ano conheceu Unamuni em Salamanca, quando pela primeira vez, viajou para Espanha, com o Orfeão Académico.
 
 

04

 Vitorino Nemésio em 1925.

 
 
 
Abandonou o curso de Direito em 1924 e matriculou-se na Faculdade de Letras, em Ciências Histórico-Geográficas.
 
Fundou a revista “Tríptico” com a ajuda de algumas pessoas e  em 1925 optou definitivamente pelo curso de Filologia Românica e foi nesse ano que surgiu o jornal “Humanidade”, um quinzenário de Estudantes de Coimbra, tendo sido Vitorino Nemésio o seu redator principal. Em 1926 fundou e dirigiu com Paulo Quintela, Cal Brandão e Sílvio Lima, o jornal “Gente Nova”, um jornal republicano académico e a partir de 1928 passou a colaborar na revista “Seara Nova”. 
 
Em 1930 colaborou na revista “Presença”, com textos poéticos e transferiu-se para a Faculdade de Letras de Lisboa, começando a pesquisa sobre Herculano, que o ocupou até ao fim da vida.
 
Lecionou Literatura Italiana e também Literatura Espanhola. Em 1934, doutorou-se em Letras, com “A Mocidade de Herculano até à Volta do Exílio”.
 
Em 1937 fundou e dirigiu a “Revista de Portugal”, em Coimbra e no mesmo ano, partiu para a Bélgica, onde lecionou na Universidade Livre de Bruxelas durante dois anos, regressando depois a Portugal, em 1939, para lecionar na faculdade de Letras de Lisboa.
 
Foi editada a primeira edição de “O Mau Tempo no Canal”, em 1944, que recebeu o Prémio Ricardo Malheiros da Academia das Ciências, no ano seguinte.
 
 

1304421008-f

 A 1.ª edição de "Mau Tempo no Canal".

 

 

 
Começou a viajar para o Brasil e lecionou lá, tornando-se também durante um período de dois anos, diretor da Faculdade de Letras de Lisboa.
 
Em 1965 foi doutorado honoris causa pela Universidade Paul Valery, de Montpellier, e no mesmo ano recebeu o Prémio Nacional de Literatura, pelo conjunto da sua obra.
 
A 12 de Dezembro de 1971, pronunciou a sua “Última Lição” na Faculdade de Letras de Lisboa, onde lecionara durante quase quarenta anos.
 
Em 1974 recebeu o Prémio Montagine, da Fundação Freiherr von Stein/Friedrich von Schiller, de Hamburgo. Vitorino tem as suas obras traduzidas em italiano, francês, inglês, alemão, entre outras. 
 
Vitorio Nemésio faleceu em Lisboa, em 20 de fevereiro de 1978, e foi sepultado em Coimbra. Nesse ano, foi publicado o primeiro estudo em livro que lhe é consagrado: “Vitorino Nemésio, a Obra e o Homem”.
 
Podes assistir à série de programas televisivos de Vitorino Nemésio "Se bem me lembro..." e outros vídeos, na Coleção Vitorino Nemésio do Arquivo RTP (clica na imagem abaixo para seres direcionado/a para lá):
 
 

vn rtp

 

 
 
NB: Texto editado pela Equipa BE.