Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

23
Nov16

BE lança apliação para Android

Equipa BE

A Biblioteca Escolar acaba de lançar a aplicação BE AGCPera, com o objetivo aproximar a Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escola Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera de toda a comunidade escolar, sejam alunos, professores, funcionários, mas também encarregados de educação e comunidade em geral.
A aplicação funciona em smartphones/tablet com sistema operativo Android e é facilmente instalada a partir de um código QR.
Num simples click ou sinal sonoro/vibração, os utilizadores serão notificados das atividades da biblioteca, de concursos, notícias, curiosidades, etc. A principal funcionalidade centra-se no separador "Novidades". 
A BE está disponível para poder incluir novas funcionalidades por isso estamos abertos a sugestões.

 

BE AGCPera_QR

 

14
Nov16

Dia Mundial da Diabetes - 14 de Novembro

Equipa BE

DIA MUNDIAL DA DIABETES - 14 DE NOVEMBRO

 

image

 

 

A diabetes afeta cerca de 366 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 1 milhão de Portugueses. A cada 7 segundos morre no Planeta Terra uma pessoa devido à diabetes. Em 2030 o número de diabéticos chegará aos 552 milhões. A diabetes tipo 2, que constitui 95% dos casos de diabetes, é um flagelo mundial em crescendo que constitui uma ameaça às nações do mundo tão grave como guerras e catástrofes naturais.

 

Em Portugal 12,4% da população tem diabetes, sendo o país da Europa Ocidental com maior prevalência de diabetes.

 

O Dia 14 de Novembro existe por causa de todas estas pessoas com diabetes e para travar o crescimento imparável da pandemia de Diabetes.

 

Desde 1991 que no dia 14 de Novembro é celebrado pela Federação Internacional de Diabetes (IDF: International Diabetes Federation) e pela Organização Mundial de Saúde como Dia Mundial de Diabetes. O objetivo deste dia é chamar a atenção dos cidadãos e governantes para a problemática da Diabetes.

 

Esta data foi escolhida por ser o aniversário de Frederick Banting, o médico Canadiano que juntamente com o seu colega, Charles Best, conduziu as experiências que levaram à descoberta da Insulina em 1921.

 

Em 2007, esta data ganhou especial relevo. No ano prévio as Nações Unidas reconheceram através da resolução 61/225 que a prevalência galopante de diabetes em todo o mundo constituía uma ameaça severa para as famílias, estados membros e para todo o mundo. Por isso, o dia 14 de Novembro passou a ser considerado um Dia das Nações Unidas a ser observado todos os anos a partir de 2007.

 

O símbolo do Dia Mundial da Diabetes é um círculo azul desde 2007, ano em que se torna um Dia das Nações Unidas. O círculo representa a união e é um símbolo universal de Vida e Saúde. O Azul representa a cor do céu que une todas as nações da Terra e é também a cor da bandeira das Nações Unidas. O símbolo do círculo azul representa a unidade necessária da comunidade Global para responder à ameaça da pandemia de Diabetes.

 

In Controlar a Diabetes

NB: Texto editado pela Equipa BE.

 

14
Nov16

Lição TED-Ed: "Como funciona o pâncreas?"

Equipa BE

Abaixo das vossas costelas, encontram, entre outras coisas, o pâncreas — um órgão que trabalha de forma muito parecida com um treinador pessoal. Emma Bryce explica como este órgão controla o nível de açúcar no sangue e produz um suco especial que liberta os nutrientes da vossa comida, para vos ajudar a manter-vos o mais possível em forma.

Lição de Emma Bryce, animação de Tremendousness.

 

 

09
Nov16

BE vai receber a visita do escritor Nuno Matos Valente

Equipa BE

No próximo dia 18 de novembro, a BE recebe o escritor Nuno Matos Valente, que vem apresentar o livro da sua coleção “A Ordem do Poço do Inferno”.

Capturarvasas

Nuno Matos Valente (1977, Castelo Branco)

É professor do ensino básico e autor da “Coleção Segredos” de manuais escolares para o 1º ciclo, publicados pela Lisboa/Raiz Editora. Atualmente reside em Alcobaça.

A coleção A Ordem do Poço do Inferno, recomendada pelo Plano Nacional de Leitura centra-se no Mosteiro de Alcobaça e na sua história.

Neste livro, o autor alia a pesquisa factual e o rigor da linguagem a um profundo sentido de fantasia, resultando esta fusão numa história verosímil e num tom próximo da realidade dos jovens leitores a quem este livro se destina.

 

Joana Raimundo (1984, Alcobaça)

É licenciada em Novas Tecnologias da Comunicação e tem também uma pós-graduação em Ilustração para Publicações Infantis e Juvenis. “A Ordem do Poço do Inferno” marca a sua estreia em projetos literários.

Possui um estilo versátil e irreverente, com uma linguagem muito contemporânea e próxima dos leitores mais jovens.

 

Até ao momento, Nuno Matos Valente editou três livros, que estarão disponíveis para aquisição, pelos interessados. São eles:

 A Ordem do Poço do Inferno é o primeiro livro e aquele que dá nome à coleção. Tudo começa quando, numa tarde de geocaching, o Leo,a Xana, o Ulisses e o João se deparam com uma sequência de estranhos acontecimentos, para os quais não encontram qualquer explicação.

Que estranha força era aquela, capaz de fazer a terra tremer e de transformar a água da chuva numa massa pestilenta? De onde vinha o estranho artefacto descoberto sob o Mosteiro de Alcobaça? Como se poderiam proteger de um inimigo sem rosto? A curiosidade dos protagonistas levá-los-á em busca do segredo mais profundo da história de Portugal.

 

É durante a história contada no segundo livro, O Tesouro do Califa, que os heróis destas aventuras descobrem um tesouro misterioso, capaz de conduzir povos inteiros à guerra. Este estranho e poderoso tesouro parece conter a solução para todos os problemas e a explicação para os episódios mais marcantes da história de Portugal. Graças a estas novas descobertas, a vida na cidade começa, aos poucos, a mudar.

 

A trilogia termina com A Floresta de Metal. Neste volume de ambiente mais caótico, uma profecia há muito formulada vai ser finalmente cumprida, trazendo consigo destruição e ruína. Irá a Ordem do Poço do Inferno conseguir salvar a cidade?