Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

30
Mar16

Vincent Van Gogh (1853-1890)

Equipa BE

Vincent Van Gogh (1853-1890)

 

vincent-van-gogh

 

 

Vincent van Gogh (1853-1890) foi um importante pintor holandês, um dos maiores representantes da pintura pós-impressionista.

 

Vincent Willem van Gogh (1853-1890) nasceu em Zundert, uma pequena aldeia holandesa. Filho de um pastor calvinista foi uma criança rebelde e insociável. Em 1869 ingressa num internato provinciano. Em 1869 vai para Haia trabalhar com o tio, que abriu a sucursal da Galeria Goupil, uma importante empresa que comercializava obras e livros. Depois de três anos, é mandado para Bruxelas, onde passa dois anos. Depois, vai para Londres, sempre a serviço da galeria.

 

Em 1875, Van Gogh consegue a sua transferência para Paris, onde julgava poder libertar-se de todas as suas frustrações. Em abril de 1876, após indispor-se com os clientes, é demitido do grupo Goupil. Vai para Inglaterra onde aceita o cargo de professor em escolas primárias de pequenas cidades. Nesse mesmo ano, em dezembro, vai para Etten, onde se encontra com a sua família, mas as suas relações familiares continuam difíceis, só se sente compreendido por Theo, o seu irmão mais novo.

 

Van Gogh torna-se depressivo e sofre seguidas crises nervosas, passa longos períodos de solidão. Em 1877 consegue emprego numa livraria em Dordrecht, até que decide seguir a carreira do pai. Ingressa no Seminário Teológico da Universidade de Amsterdão. Reprovado por falta de bases, ingressa na Escola Evangélica, em Bruxelas. Consegue o lugar de pregador missionário nas minas de carvão de Borinage, na Bélgica. Em 1879 é demitido, pois prega pouco e preocupa-se demasiadamente com os doentes e as crianças.

 

Em 1880 vai para Bruxelas, e com o dinheiro que o irmão lhe manda, estuda anatomia e perspetiva. Passa os dias a desenhar. Em 1881, muda-se para Haia, onde é acolhido pelo pintor Mauve. Pinta aquarelas, onde aparecem marinheiros, pescadores, camponeses. Escreve para o irmão “Eu não quero pintar quadros, eu quero pintar a vida”. Em julho de 1882, pinta o seu primeiro quadro a óleo. No ano seguinte, volta para casa dos pais, onde passa os dias a ler e a pintar.

 

 

Untitled

 "Caminho para a praia", esboço a tinta numa carta a Théo,

Vincent van Gogh, 1883.

 

 

Em 1985 seu pai morre repentinamente. Nesse mesmo ano pinta “Os Comedores de Batata”, num ambiente sombrio e tons escuros. Em novembro, viaja para Antuérpia, onde em janeiro de 1886 inicia estudos na Academia local. Em fevereiro, é acolhido por Theo, em Paris, que dirige a Galeria Goupil. Nessa época, pinta “Pai Tanguy” (1887). Encontra-se com Pissarro, Degas, Gauguin, Seurat. Em dois anos pinta 200 quadros, entre eles, o “Autorretrato” (1887).

 

self-portrait-1889-1

  "Autorretrato", Van Gogh.

 

 

Van Gogh encontra-se com a saúde precária e segue os conselhos de Toulouse-Lautrec, vai para o campo, em fevereiro está em Arles, pintando ao ar livre. Pinta mais de 100 quadros, entre eles, “Os Girassóis” (1888) e “Armand” (1888).

 

07903927

 "Os girassóis", Van Gogh, 1888.

 

 

Convida Gauguin para trabalharem juntos, mas Van Gogh tem crises de humor. Há relatos de que a sua amante ter-se-ia envolvido com Gauguin e ao descobri-lo, Van Gogh discute e agride o amigo com uma navalha. Arrependido, corta um pedaço de sua orelha e manda num envelope para a mulher que motivou a briga. É recolhido para o hospital. Vai para casa e pinta o “Autorretrato com a Orelha Cortada” (1888).

 

Van_gogh_orelha2

 "Autorretrato com a orelha cortada", Van Gogh, 1888.

 

 

Gogh_1889_Quarto_Arles_2_Vers_o

 "O quarto de Van Gogh", em Arles, 1889.

 

 

Em maio de 1889, ele pede ao irmão que o interne. Vai para o Hospital de Saint-Rémy e transforma o seu quarto num ateliê. Fez mais de duzentos novos quadros, centenas de desenhos, e todos revelam a sua luta. Theo é chamado, mas não pode visitar o irmão, pois sua mulher espera o primeiro filho. Pede a Paul Signac, um amigo pintor, que vá visitá-lo. Signac sai impressionado com a pintura de Van Gogh, e leva alguns amigos à casa de Theo para ver alguns quadros. O jornal Mercúrio de França faz elogios ao pintor. Uma exposição na Galeria de Bruxelas é organizada, mas só vende um quadro “A Vinha Vermelha”, o único que seria vendido durante a vida do pintor.

 

Red-Vineyard-at-Arles

 "Vinha vermelha em Arles", Van Gogh, 1889.

 

 

unnamed

 

 "Os lírios", Van Gogh, 1889.

 

 

noche estrellada1

 

 "Noite estrelada", Van Gogh, 1889.

 

 

Van Gogh deixa Saint-Rémy em maio de 1890. Vai para Auvers, sob os cuidados do Dr. Gachet que o examina e diz que a situação é grave. Pinta mais de 200 desenhos e mais de 40 quadros, entre eles, “Os Ciprestes”, “Campo de Trigo com Corvos” e “Retrato do Dr. Gachet”. No dia 27 de julho de 1890, Van Gogh sai para o campo de trigo com um revólver na mão e no meio do campo dá um tiro no peito e é socorrido.

 

-de-160-quadros-de-van-gogh-faca-posters-envio-download-13833-MLB3714906106_012013-F

 "Campo de trigo com corvos", Van Gogh, 1890.

 

 

Van Gogh morreu em Auvers, França, em 29 de julho de 1890. No dia de sua morte, no sótão da Galeria Goupil, em Paris, 700 quadros amontoavam-se sem comprador. A fama só veio após a sua morte. Grande parte da sua história está descrita nas 750 cartas que escreveu para seu irmão Theo, e que evidenciavam a forte ligação entre os dois.

 

tumblr_n9yx34R6Rj1t15cv5o1_1280

 "Primeiros passos (inspirado em Millet)", Van Gogh, 1890.

 

 

30
Mar16

As Pinturas de Van Gogh ganham vida

Equipa BE
 
 
 

As incríveis pinturas de Van Gogh ganham vida graças à animação 3D. Por Luca Agnani Studio.

Publicado por Incrível
30
Mar16

Artista recria quadro de Van Gogh em campo agrícola de 4000 metros quadrados

Equipa BE

Artista recria quadro de Van Gogh

em campo agrícola de 4000 metros quadrados

 

van-gogh_a

 

 

Aos 64 anos, o artista Stan Herd poderá ter criado a sua obra-prima: a recriação do quadro "As Oliveiras", de Van Gogh, numa propriedade agrícola de 4000 metros quadrados. O campo situa-se em Eagan, no estado do Minnesota (EUA), e demorou seis meses a preparar – a preparação incluiu a remoção de ervas, escavar e plantar os produtos.

 

Patrocinado pelo Minneapolis Institute of Art, o projeto é uma homenagem ao quadro do pós-impressionista holandês, datado de 1889. “A interação foi feita com plantas nativas e outros materiais”, explicou Herd à Star Media. “Isto nunca fica como eu quero… gastei ali muito tempo, a tentar que isto ficasse bem. Algumas das plantas foram comidas por um veado e outras desapareceram. Mas é essa a dança da Natureza”.

 

Stan Herd começou a trabalhar começou a trabalhar com plantações e terra em 1981. Vejam outros dos seus trabalhos.

 

In Green Savers

NB: Texto editado pela Equipa BE.

 

 

29
Mar16

Dia Nacional dos Centros Históricos

Equipa BE

12923275_10154123992659617_1922425586380531133_n

 

O Dia Nacional dos Centros Históricos comemora-se anualmente a 28 de março, na data do nascimento de Alexandre Herculano, seu patrono.

 

O Dia Nacional dos Centros Históricos Portugueses foi formalmente criado em 28 de março de 1993, sendo rapidamente adotado pela maioria das autarquias com centro histórico.

Atividades

Em várias centros históricos das cidades de Portugal organizam-se atividades para comemorar o Dia Nacional dos Centros Históricos. Neste dia os monumentos e outros espaços dos centros históricos estão abertos ao público, que os podem visitar gratuitamente, entrando em contacto com o passado destes locais.

 

Nesta data realizam-se exposições, torneios, provas de orientação, concertos, leituras encenadas, animações de rua, etc., tudo com o objetivo de dinamizar os centros históricos e chamar a atenção para a preservação e valorização dos mesmos.

 

In Calendarr.Portugal

 

25
Mar16

Um miminho de Páscoa, da Moleskine

Equipa BE

Um miminho de Páscoa, da Moleskine:

 

 

 
21
Mar16

Hora do Conto: "Uma questão de azul-escuro"

Equipa BE

Hora do Conto: "Uma questão de azul-escuro"

 

 

IMG_1739

 A Prof.ª Teresa Magéssi a iniciar a leitura da história.

 

 

No dia 16 de março, pelas 13h30min., a Coordenadora da BE deslocou-se à Biblioteca do 1.º ciclo para ler uma história aos alunos do 4.º ano, acompanhados pelo docente da turma, professor Carlos Clemente.

 

O livro escolhido foi «Uma questão de azul», de Margarida Fonseca Santos, com ilustrações de Sandra Serra, da editora GAILIVRO. O livro aborda a temática do bullying, vivida por um aluno de 4.º ano, e a forma como esta criança viveu esta situação e como a conseguiu ultrapassar com a ajuda de adultos e amigos.

 

IMG_1738

 Os alunos iam colocando questões...

 

 

Os alunos estiveram muito interessados e colocaram questões muito interessantes que refletiam o seu interesse pelo tema em discussão.

 

No final, deram a sua opinião e reconheceram a importância de se falar sobre este tema de modo a evitar que ela aconteça com qualquer pessoa e manifestaram gosto em conhecer um pouco mais sobre esta temática.

 

O livro "Uma questão de azul-escuro":

 

500_9789895579150_uma_questao_de_azul_escuro

 

21
Mar16

James Veitch: "Isto é o que acontece quando se responde a um email de spam"

Equipa BE

"Isto é o que acontece
quando se responde a um email de spam"

 

"E-mails" suspeitos: títulos de seguros não reclamados, caixas de depósito com diamantes, amigos presos num país estrangeiro. Eles surgem nas nossas caixas de entrada de correio eletrónico, e o procedimento habitual é apagá-los na hora. Mas o que acontece se responderem? Acompanhem o escritor e comediante James Veitch, no TED Global em Geneva, 2015, na narração hilariante sobre as respostas a um vigarista com quem trocou mensagens durante semanas e que lhe ofereceu uma parte do lucro num negócio da China.

 

 

 

 

Pág. 1/8