Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

22
Dez15

Equinócio e Solstício

Equipa BE

Equinócio e Solstício

solsticios e equinocios

 

 

Equinócio e solstício, eis duas palavras que de vez em quando ouvimos mas nem sempre entendemos muito bem o que elas significam. Estas palavras estão ligadas às estações do ano que vão decorrendo ao longo do tempo: equinócio da primavera, equinócio do outono, solstício de verão e solstício de inverno. Então o que é o equinócio? O que é o solstício? É isso que vamos ver de seguida.

 

Antes de mais é importante compreender que as estações do ano são causadas devido à inclinação de cerca de 23,5° que o eixo de rotação da Terra tem em relação à perpendicular da orbita da Terra em volta do Sol. Ou, dizendo em outras palavras, o equador da Terra apresenta uma inclinação de cerca de 23,5° em relação ao plano da orbita. Durante o ano o eixo de rotação da Terra fica sempre inclinado na mesma direção, porém a Terra muda de posição em relação ao Sol à medida que se desloca na sua órbita, e é isso que provoca as alterações das estações do ano.

 

terrasol

 

 

O solstício acontece quando os hemisférios atingem a maior inclinação possível em relação ao Sol (não em relação ao plano da órbita, pois essa mantêm-se). Visto da superfície da Terra, quando se dá o solstício de verão o Sol atinge a posição mais alta no céu naquele hemisfério; no hemisfério oposto dá-se precisamente o contrário, o Sol atinge o ponto mais baixo no céu, sendo portanto o solstício de inverno.

 

Por volta do dia 20 ou 21 de junho, dá-se no hemisfério norte o solstício de verão, iniciando nesse dia essa estação do ano; no hemisfério sul dá-se o solstício de inverno, marcando assim o início do inverno. Por volta do dia 21 ou 22 de dezembro acontece exatamente o contrário, ou seja, solstício de inverno no hemisfério norte e solstício de verão no hemisfério sul.

 

A palavra equinócio tem origem no latim e significa “noite igual”. Quando se dá o equinócio, a duração do dia é igual à duração da noite em ambos os hemisférios. Nas datas em que se dão os equinócios, a luz do Sol incide com a mesma intensidade sobre os dois hemisférios.

 

Isso acontece normalmente por volta do dia 20 ou 21 de março de cada ano e por volta do dia 22 ou 23 de setembro também em cada ano. Em março, se estivermos no hemisfério norte, o equinócio dá início à primavera, se estivermos no hemisfério sul dá início ao outono. Já o equinócio que acontece em setembro, se estivermos no hemisfério norte assistimos ao início do outono, e se estivermos no hemisfério sul assistimos ao início da primavera.

 

In Site Astronomia.com

 

17
Dez15

Sessão de Cinema "Os Mínimos" na BE

Equipa BE

Sessão de Cinema "Os Mínimos" na BE

 

 

IMG02934

Sala cheia para ver "Os Mínimos".

 

 

A sessão de cinema na Biblioteca Escolar para os alunos que permaneceram na escola, no dia da Festa de Natal, que marcou o encerramento das atividades letivas: a sala estava cheia para assistir ao filme de animação 3D "Os Mínimos"...

 

 

IMG02935

Alguns ficaram de pé...

 

 

No final do filme, na despedida, houve pipocas quentinhas feitas na cantina e distribuídas pela Senhora D. Isabel Salgueiro, uma surpresa muito agradável e saborosa...

 

 

IMG02938

A distribuição de pipocas em saquinhos.

 

 

Uma atividade com sucesso, a repetir!

 

 

17
Dez15

Sessão de Cinema: "Mínimos"

Equipa BE

Nesta quinta-feira, a tua Biblioteca Escolar, para os meninos que ficarem na escola, durante a tarde, uma sessão de cinema com o filme de animação 3D "Mínimos"(2014). A história começa nos primórdios dos tempos. A partir de organismos unicelulares amarelos, os Mínimos desenvolveram-se ao longo das eras, servindo sempre o mais maldisposto dos mestres. Sendo incapazes de manter os mestres – de T-Rex a Napoleão, os Mínimos encontram-se sem ninguém a quem servir e entram em profunda depressão.

Mas um Mínimo chamado Kevin tem um plano e, juntamente com o rebelde Stuart e o adorável Bob, aventuram-se pelo mundo à procura de um novo e malvado chefe para seguirem.

O trio embarca numa emocionante viagem que os conduz até à nova potencial líder, Scarlet Overkill, a primeira super-vilã do mundo. Da glacial Antártida a Nova Iorque dos anos 60, terminam numa Londres modernista, onde enfrentam o maior desafio das suas vidas: salvar toda a espécie dos Mínimos… da aniquilação.

Com uma banda sonora repleta de êxitos dos anos 60, que ainda fazem parte da cultura dos nossos dias, os "Mínimos" é produzido por Chris Meledandri e Janet Healy (Illumination Entertainment), realizado por Pierre Coffin e Kyle Balda, com argumento de Brian Lynch.

 

 

 

16
Dez15

Voluntários da Leitura: «As Renas do Pai Natal»

Equipa BE

Hora do Conto: «As Renas do Pai Natal»

 

 

 

87d55733-c522-4d1b-87c0-abfed7974efe

 

 

No dia 11 de dezembro, a Encarregada de Educação Ana Barjona deslocou-se à biblioteca do 1.º Ciclo para contar um conto de Natal aos alunos do 2.º ano de escolaridade. A história escolhida foi «As Renas do Pai Natal», de Moe Price, com ilustrações de Atsuko Morozumi, da Porto Editora.

 

Os alunos estiveram muito entusiasmados e ativos no decorrer da leitura. A mensagem da história apela ao amor, à ajuda, à partilha e à solidariedade. A figura do Pai Natal, assim como das renas, atribuem um carácter mágico e de sonho a toda a história. As crianças viveram a história, realizaram a viagem e mais uma vez viveram a ilusão da viagem do Pai Natal no seu trenó puxado por renas e da distribuição de presentes.

 

 

09162015 1222 PM Office Lens (1)

 

 

16
Dez15

"A Princesa que nunca sorria"

Equipa BE

"A Princesa que nunca sorria", uma curta-metragem de animação 2D realizada por Sun Jae Lee, na CalArts, com música de Bottesini — uma fantasia sobre temas de Rossini — nos conta a história de uma princesa que nunca sorria e os esforços feitos para a fazer sorrir. Será que alguém a conseguiu fazer sorrir? Uma das animações preferidas da Disney Shorts.

 

E tu, o que farias para fazer alguém gostar de sorrir?

 

 

 

 

14
Dez15

Encontros com... o Futebolista Tó Zé Carvalho

Equipa BE

Encontros com... o Futebolista Tó Zé Carvalho

 

  

IMG_2398

O futebolista Tó Zé Carvalho no início da sua palestra.

 

 

No dia 9 de dezembro, o convidado para os nossos Encontros com... foi o futebolista Tó Zé, nosso conterrâneo. Numa conversa simples e natural, o antigo futebolista interagiu com os alunos e todos os presentes, deixando algumas mensagens muito positivas de motivação, trabalho e perseverância para alcançarmos os nossos objetivos.

 

António José Carvalho nasceu em Castanheira de Pera, a 19 de maio de 1967. Começou a sua carreira ainda muito jovem no Sport, onde jogou até à categoria de juvenis, ingressando mais tarde na equipa de juniores da Associação Académica de Coimbra.

 

Na sua primeira época como sénior (1985-1986) foi chamado para a equipa principal da "Briosa" pelo técnico Victor Manuel. Na época seguinte é emprestado, por uma época (1986-1987) ao Santacombadense.

 

Na época 87-88, volta a rodar numa outra equipa da região, o Tabuense. Na temporada de 88-89, é desta vez cedido ao Oliveira do Bairro, onde novamente da nas vistas e voltando a ser chamado a equipa principal da "Briosa" para a época 89-90, desta vez pelo "Mister" Henrique Calisto. Nesta época cumpriu o serviço militar, mesmo assim termina o final da temporada sempre a titular. A equipa fica-se pelo 4.º lugar, não conseguindo o objetivo do regresso da Académica à 1.ª divisão.

 

 

IMG_2400

Ao fundo, as camisolas desportivas vestidas pelo futebolista.

 

 

Na época de 90-91, Tó Zé é já uma presença assídua como titular da equipa, jogando a grande maioria das vezes como defesa esquerdo. No inicio da época, a equipa desloca-se a Macau onde vence o torneio realizado, com o nosso amigo Tó Zé como titular.

 

Época 91-92, Tó Zé, no seu 3.º ano consecutivo como atleta da Briosa, consegue recuperar a titularidade devido ao seu valor e esforço. Neste ano, desloca-se juntamente com a equipa, à Índia, onde vencem um torneio.

 

Na época de 92-93, To Zé é titular indiscutível da equipa da Associação Académica, capitão, uma das peças chave de maior valor e confiança do plantel. A titulo de curiosidade, em dezembro a "Briosa" joga em Alvalade com o Sporting onde perde por 2-0, para a taça de Portugal. O comentário dos jornais da época a atuação de Tó Zé - "O homem que teve que se haver com Figo. Saiu-se bem. Excelente desempenho do lateral da Briosa". A Académica termina em 4.º lugar e o nosso Tó Zé obteve 2 golos.

 

 

IMG_2410

A sala da BE cheia para ouvir o Tó Zé Carvalho.

 

 

Em 93-94, a AAC-OAF, fica novamente em 4.º lugar, Tó Zé marca 3 golos, todos de grande qualidade e foi várias vezes considerado, pelos jornais da especialidade, como o melhor jogador em campo.

 

Na época seguinte (95-96), Tó Zé transfere-se para Leça da Palmeira, para jogar pelo Leça, na 1.ª divisão nacional, sendo a sua utilização não muito regular.

 

Na época 96-97, Tó Zé termina a sua carreira, como profissional no Feirense.

 

Faz um intervalo de um ano, onde joga futsal pela equipa da Académica, então na 1.ª divisão.

 

Em 98-99, faz uma perninha na equipa da Desportiva de Figueiró dos Vinhos, onde outras estrelas do nosso concelho mostram o que bem sabem fazer com a bola.

 

  

IMG_2404

 Os alunos a seguir as palavras do futebolista Tó Zé Carvalho com muita atenção.

 

 

Todos os alunos, professores e funcionários presentes seguiram a palestra com muita atenção e interesse, participando animadamente sempre que se apresentava uma oportunidade. 

 

Foi uma excelente atividade!

 

 

António Alves com a Equipa BE.

 

Pág. 1/5