Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

BE Castanheira de Pera

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas Dr. Bissaya Barreto - Castanheira de Pera

27
Fev15

Sessão de Cinema: "12 Anos Escravo"

Equipa BE

Nesta sexta-feira, a tua Biblioteca Escolar propõe-te o filme "12 Anos Escravo" (2013), realizado por Steve McQueen, com excelentes interpretações de Chiwetel Ejiofor, Michael Fassbender, Brad Pitt, Benedict Cumberbatch, Paul Dano, Paul Giamatti, Alfre Woodard, Lupita Nyong'o, Sarah Paulson e Quvenzhané Wallis.

 

Esta história, baseada em factos reais, apresenta Solomon Northup, um violinista negro de grande talento e fama que vive confortavelmente com a sua família no Estado de Nova Iorque. No entanto, um dia, Northup, que é um escravo liberto, é sequestrado em 1841 em Washington, vendido e forçado por um proprietário de escravos a trabalhar numa plantação na região de Louisiana, nos Estados Unidos da América. Ele é resgatado apenas doze anos mais tarde, por um advogado.

 

Este filme foi nomeado para nove categorias e recebeu os Óscares de Melhor Filme, Melhor Atriz Secundária (Lupita Nyong'o) e Melhor Argumento Adaptado. A não perder.

 

 

 

 

26
Fev15

Victor Hugo (1802 - 1885)

Equipa BE

victorhugo

 

Victor Hugo (Besançon, 26 de fevereiro de 1802 — Paris, 22 de maio de 1885) foi um novelista, poeta, dramaturgo, ensaísta, artista, estadista e ativista pelos direitos humanos francês de grande atuação política no seu país.

 

Terceiro filho do Conde Joseph Léopold-Sigisbert Hugo e de Sophie Trébuchet, Victor Hugo nasceu em Besançon, no Doubs, e passou a sua infância entre Paris, Nápoles e Madrid, consoante as viagens do pai. O seu pai desistira da escola para se alistar no exército da Revolução Francesa, onde demonstrou um talento incomum, tornando-se general do imperador Napoleão Bonaparte. A sua mãe era filha de um capitão naval. Admiradora de Voltaire, o espirituoso crítico francês da intolerância religiosa do século XVIII, ela era uma ferverosa católica monárquica.

 

Em 1811 viveu em Madrid. Fez os primeiros estudos, como interno, no Seminário de Los Nobles, na companhia do seu irmão Eugène. No ano seguinte regressaram a França, altura em que os pais se separaram e os dois irmãos foram viver com a mãe, em 1815, no bairro parisiense Val de Grâce. Muito jovem ainda, Victor Hugo compôs numerosos poemas. Aos quinze anos recebeu um prémio num concurso de poesia da Academia Francesa e, a partir desse momento, resolveu dedicar-se à carreira literária.

 

Em 1819 fundou, com os seus irmãos, a revista "Le Conservateur Littéraire", e, no mesmo ano, ganhou o concurso da Académie des Jeux Floraux, instituição literária francesa fundada no século XIV, recebendo o "Lírio de Ouro", por uma ode ao restabelecimento da estátua do rei Henrique IV, derrubada na Revolução.

 

Ainda em 1819 ficou noivo de Adèle Foucher, uma amiga de infância, apesar dos ciúmes do seu irmão Eugène e contra244445 os conselhos da sua mãe. O casamento gerou um tal desgosto ao seu irmão, Eugène, apaixonado por Adèle, que ele enlouquece e é internado em um hospício. Com Adèle, Victor Hugo tem cinco filhos: Leopold, Leopoldina, Charles, François Victor e Adèle. 


Apaixonado, generoso e dotado de uma extraordinária capacidade de trabalho, Hugo escreveu uma obra colossal e variada.


Hugo estava determinado escrever ficção. Em 1820 publicou a novela Bug Jargal no Conservateur Littéraire, ao mesmo tempo que recebeu uma pensão de dois mil francos do rei Luís XVIII pela sua Ode sur la Mort du Duc de Berry. Anos mais tarde reescreveria Bug-Jargal, publicando-o em 1826, o seu primeiro romance, um melodrama sobre as rebeliões dos negros em Santo Domingo; embora os críticos o tenham considerado um lixo, o público adorou-o. 


A partir de 1822, integrou-se no romantismo e em breve tornou-se o porta voz desse movimento. Nos seus escritos reservava lugar preponderante aos estados de alma. Demonstrava uma forte tendência para o estranho, o maravilhoso, o exótico e o pitoresco. As suas primeiras Odes vieram a lume no ano em que casou com Adèle Foucher.


Em 1825 foi-lhe concedida o grau de Cavaleiro da Ordem da Legião de Honra ao mesmo tempo que se tornou líder de um grupo de jovens escritores, criando o Cenáculo.

 

Em 1827, o prefácio do seu drama Cromwell foi considerado o manifesto do Romantismo contra o Classicismo. Na mesma época instala-se em França a batalha romântica, que é ao mesmo tempo literária e política, dado que os classicistas são liberais e os românticos partidários da monarquia.

 

Ele viu-se em repetidos confrontos com o governo. Em Agosto de 1929, a sua primeira peça de teatro Marion de Lorme foi censurada. Os censores interpretaram a peça como uma crítica ao rei Carlos X, e a produção foi cancelada. Em resposta, Hugo escreveu Hernani, a história de um herói revolucionário discretamente situada na Espanha do século XVI. A peça estreou no teatro da Comédie Française no dia 25 de fevereiro de 1830 e, segundo relatos, recebeu as receções mais entusiasmadas desde as aclamadas peças de Voltaire no século anterior. Esta obra teatral representava o fim do classicismo e desencadeou uma polémica apaixonada. Para Hugo começava então um período de fecundidade. Rival de Lamartine, desejava  afirmar-se como o único e maior poeta lírico da França. 

 

Os censores do governo passaram a temer que o cancelamento dos espetáculos provocasse uma revolta popular. No entanto, dois anos depois, os censores cancelaram a sucesso seguinte de Hugo, Le Roi s’amuse [“O Rei diverte-se”], que retratava Francisco I, um dos reis mais famosos da França, de um modo nada elogioso. Giuseppe Verdi, brilhante compositor de óperas italiano, que já havia transformado Hernani em ópera, afirmou que Le Roi s’amuse era “o maior dos dramas modernos” e tomou-o como base para a sua popular ópera Rigoletto.

 

Em 1831 conseguiu a consagração graças à publicação de Notre Dame de Paris, o seu primeiro romance histórico.

 

No ano de 1832, Hugo mudou-se sozinho para um apartamento instalado na Praça de Vosges, no bairro Le Marais, onde morou até1848, tendo sido visitado por escritores como Honoré de Balzac, Alfred de Musset, Alexandre Dumas e o compositor Franz Liszt.

 

Em 1833 estrearam-se os dramas Lucrécia Bórgia e Maria Tudor. Hugo e a atriz protagonista destas peças, Juliette Drouet, começavam uma relação amorosa, cuja correspondência (22 mil cartas) é hoje famosa e encontra-se publicada.

 

vhjd_0

 

No ano seguinte, editou Littérature et Philosophie Mêlées e a novela Claude Gueux. Um ano mais tarde foi a vez de Chants du Crépuscule


A partir de 1835, empreendeu várias viagens pela Europa. Ao mesmo tempo, escreveu ainda numerosas obras de teatro.


Em 1837 foi-lhe concedido o grau de Oficial da Legião de Honra. 


A sua glória como poeta foi finalmente consagrada em 1841, com a sua eleição para a Academia Francesa (depois de quatro tentativas). No mesmo ano, saiu a lume o seu livro de viagens Le Rhin. Célebre e rico, Victor Hugo é eleito para a Academia Francesa e frequenta a corte das Tulherias.

 

A sua filha Léopoldine casou-se em Fevereiro de 1843. Em Setembro, o casal morreu afogado no Sena. Victor Hugo ficaria três anos sem escrever. Com a morte da filha, Hugo começa a descobrir e a investigar experiências espíritas relatadas numa obra diferente nomeada "Les tables tournantes de Jersey".

Louis_Philippe_I

 

Em 1845, o rei Luís Filipe de Orleães nomeou o escritor Par de França. Victor Hugo começou a esboçar Les Misérables (Os Miseráveis).

 

Em 1848, após a revolução que depõe o rei Luís Filipe I, Victor Hugo é eleito deputado em Paris. Preocupado com a miséria do povo, funda o jornal L'Événement (O Acontecimento), em que os filhos François e Charles são também redatores. Escreve artigos nos quais defende a candidatura do príncipe Luís Napoleão Bonaparte para a presidência da República.

 

Eleito, Napoleão III viola a Constituição. Victor Hugo desiludido, não aceita a política adotada por quem ajudara a eleger.

 

Com a revolução de 1848, Victor Hugo entusiasmou-se com os valores revolucionários das camadas miseráveis. Tornou-se deputado, e destacou-se pela sua eloquência e pela sua radical oposição a Luís-Napoleão Bonaparte.


A 13 de Maio de 1849 foi eleito deputado conservador na Assembleia Legislativa e em Agosto presidiu ao Congresso Internacional da Paz.

 

MTE5NDg0MDU1MDgzMjU1MzEx

 

Quando ocorreu o golpe de Estado de 2 de Dezembro de 1851, Victor Hugo combateu nas barricadas. Por isso, quando Luís-Napoleão se tornou imperador, o escritor viu-se obrigado a exilar-se. Victor Hugo tinha-se declarado inimigo acérrimo de Napoleão III acusando-o de tirano. Como consequência, os seus filhos foram presos. Depois de organizar a resistência ao golpe de Estado, Victor Hugo saiu de Paris e refugiou-se em Bruxelas.


Em 1852 Napoleão III assinou o decreto de expulsão de Hugo que respondeu com o manifesto "Napoléon Petit".

 

Em 1856 publicou Les Contemplations.


Refugiado em Guernesey, Hugo redigiu ferozes panfletos contra o regime imperial. Mas também escreveu grandes "painéis" novelescos e poéticos, em particular A Lenda dos Séculos (1859 1883). Esta obra épica evocava a história do mundo e misturava constantemente a lenda com a realidade. Para ele, o mundo era o terreno onde se defrontam os mitos, o bem e o mal, a bondade e a crueldade. Em 1859 recusou a amnistia de Napoleão III, e em 1861 conclui Les Misérables.


Quando explodiu a guerra de 1870, o Império desmoronou.se e a República foi proclamada. Victor Hugo regressou a Paris após cinco anos de exílio, tornando-se um símbolo da resistência republicana. A sua atividade literária reduziu-se então consideravelmente. Em 1871 foi eleito deputado, como cabeça de lista dos republicanos por Paris. Morreu o seu filho Charles e dois anos depois, François. Em 1876 foi eleito senador por Paris.


Em 1878 sofreu uma congestão cerebral. Em 1881, milhares de pessoas encheram as ruas de Paris por ocasião do seu 80.º aniversário. Em 1883 morreu Juliette Drouet e em Junho foi publicado o último volume de Légendes des Siècles.


Em 1885, a 13 de Maio sofreu uma congestão pulmonar e morreu oito dias depois, tendo comparecido mais de um milhão de pessoas ao seu funeral. No seu testamento deixou cinquenta mil francos aos pobres e pediu preces de todas as almas. O Governo decretou luto nacional e o seu corpo foi sepultado no Panteão dos Homens Ilustres de pois de ter estado exposto vários dias sob o Arco do Triunfo. Com ele desapareceu um dos grandes génios da língua francesa.

 

Victor Hugo despertou imenso entusiasmo e fervor popular e deixou a sua marca na literatura de todo o século XIX, e ainda em boa parte do século XX.

 

In TrucaMiniWebWikipédiaE-BiografiasEstudoprático

NB: Texto adaptado pela Equipa BE.

26
Fev15

"Je cours", Stromae

Equipa BE

Stromae, nome artístico do cantor, compositor e produtor belga Paul Van Haver, é considerado uma referência no hip hop e na música eletrónica.

 

O músico alcançou a fama mundial em 2010, após o lançamento do álbum de estreia, “Cheese”, editado em maio desse ano. O primeiro single do disco “Alors On Danse”, entrou diretamente nos TOP de mais de 15 países e foi mais tarde remisturado por Kanye West.

 

O segundo disco do músico belga, “Racine Carrée”, editado em 2013, inclui os singles “Papaoutai” e “Formidable”, que atingiram o topo das tabelas em França e na Bélgica e resultaram em mais de dois milhões de cópias vendidas em todo o mundo. Este segundo registo de estúdio valeu-lhe três Victoire de la Musique Award.

 

In HoráriosFestivais

NB: Texto editado pela Equipa BE.

 

Stromae — "Je cours":

 

 

 

26
Fev15

Descoberto buraco negro 12 mil milhões de vezes maior do que o sol

Equipa BE

Descoberto buraco negro 12 mil milhões de vezes maior do que o sol 

ng3989943

 

Um grupo de cientistas descobriu um buraco negro com uma massa aproximadamente 12 mil milhões de vezes maior do que a do sol, de acordo com conclusões publicadas ontem na "Nature".
 

Os cientistas, que detetaram o quasar que contém um buraco negro, pertence a uma época na qual o universo tinha cerca de 900 milhões de anos, apenas 6% da idade atual do universo. 

 

Os cientistas admitem que o buraco negro terá surgido cerca de 900 milhões de anos depois do Big Bang, algo que consideraram «particularmente surpreendente». Esta descoberta poderá vir a questionar determinadas teorias sobre a formação e o crescimento dos buracos negros e das galáxias, segundo uma notícia da EFE.

 

In TSF

Ilustração Zhaoyu Li (Shanghai Astronomical Observatory)

 

Pág. 1/9